“Laura” é primeiro filme Londrinense a ir para as plataformas Now, Oi e Vivo

“Laura” é primeiro filme Londrinense a ir para as plataformas Now, Oi e Vivo

Criado por afa em 24/01/2018

  • 431

Filme se passa em Londrina e conta a história dos relacionamentos de Laura, uma mulher na faixa dos 30 anos

O longa “Laura”, rodado em 2015, é o primeiro filme londrinense a entrar nas plataformas de Video on Demand: Now, Oi e Vivo. Realizado pela Union Filmes, o filme tem produção executiva de Natasha Manttovanni e teve sua estreia em 2016, durante o Festival Kinoarte de Cinema. A produtora, que reside atualmente em Londres, segue trabalhando efetivamente em parceria com a cidade de Londrina, sendo uma das fundadoras do Arranjo Produtivo Local (APL) de Londrina e Região, no setor Audiovisual.

O filme pode ser acessado a qualquer hora, sem a necessidade de esperar o horário na grade de programação. Segundo a produtora, disponibilizar o filme nas plataformas representa um ganho para o desenvolvimento audiovisual da região, evidenciando a cidade no mercado nacional. 

“Acredito que por se tratar de um canal tão democrático e acessível, poder exibir o ‘Laura’ na televisão é para além de uma satisfação pessoal ou profissional, mas é também uma emoção mostrar a cidade e parte do que ela nos oferece de bom. Essa é a primeira produção local que entra para esse tipo de plataforma, e espero que com o tempo muito mais materiais possam ser exibidos dessa forma”, comenta Natasha.

O longa narra a história de Laura (Priscila Sol), uma mulher solitária que não consegue esquecer seu antigo relacionamento com Ben (Eucir de Souza), um homem bem-sucedido, casado e com um filho pequeno. Na tentativa de esquecer Ben, Laura conhece Noah (Yoram Blaschkauer) num site de relacionamento e aquilo que, no início, parecia ser somente um desencontro amoroso, torna-se uma perigosa relação obsessiva.  

Mais detalhes sobre o filme no Facebook: https://www.facebook.com/FilmeLaura

SOBRE O APL: O Arranjo Produtivo Local (APL) do Audiovisual de Londrina e Região foi criado em junho de 2017 e contou com o apoio das prefeituras de Londrina e Cornélio Procópio, representantes da política local, regional e federal, Agência Nacional de Cinema - ANCINE, Governo do Estado do Paraná - Secretaria de Cultura e das instituições SEBRAE, ACIL, CODEL, SENAI, FIEP e SERCOMTEL, empresas do setor audiovisual, núcleos e associações empresariais, e instituições de ensino e pesquisa. 

O APL tem como meta a aproximação de produtores independentes, assim como ampliar as ações de capacitação, conquistar investimentos para a produção, pós produção e distribuição de conteúdos audiovisuais e criar um polo fílmico para produções de TV, filmes, games e tecnologias inovadoras. O arranjo busca assim criar na cidade de Londrina e na Região ambientes propícios para profissionais criativos, contribuir para a geração de empregos e fortalecer a Economia Criativa por meio da Indústria Limpa  do Audiovisual.

Fotos